sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Capítulo 2 - Acordo



((Light))

Quando Ozaru disse que gostaria de fazer um acordo comigo, não entendi muito bem onde ele queria chegar. O que eu tinha que poderia interessar a ele?

– Acordo? Comigo? – não consegui esconder a surpresa em minha voz.

– Não entendo o espanto. Já disse que observei você em sua vida humana, era de se esperar que me impressionasse e quisesse... digamos... negociar suas opções. – Ozaru desdenhou.

– Opções? – me interessei. Se houvesse alguma forma de sair daqui, com certeza aproveitaria a oportunidade.

– Você pode escolher permanecer aqui durante toda sua eternidade, ou... – sorriu de forma enigmática.

– Ou...? – já estava ficando impaciente com todos esses rodeios e ele deve ter percebido, porque continuou:

– O que você me diria se te oferecesse a chance de voltar ao mundo dos humanos?

(...)

No silêncio mortal, tudo se encaixou. Ozaru queria que eu desse seguimento aos meus planos, fazendo com que Kira retornasse. Um sorriso obsessivo saiu de meus lábios. “O retorno do deus do novo mundo”, pensei e prossegui:

– Isso seria majestoso! Mas o que você ganharia em troca?

– Paciência, Light Yagami. Primeiro as instruções. – ele disse e então esperei.

– Devo alertá-lo que, se aceitar o acordo, não voltará como humano. – Ozaru sorriu. – É bem mais excitante que isso!

O desânimo atravessou minhas feições. De que adiantaria voltar se não obtivesse nenhum proveito disso? No entanto, não argumentei. Sabia que seria melhor não expressar opinião alguma; sempre fui bom nisso.

O shinigami continuou como se tivesse notado meu transtorno interno:

– Não se preocupe, você tem muito a ganhar com isso. Terá a chance de permanecer no mundo humano, mesmo não fazendo mais parte dele. Realmente não me importo com suas bobagens de utopia, mas a questão é: preciso que retorne com um caderno em mãos. Presenteei-o a alguém que acha potencial a tomar o lugar de Kira, e o instrua. Mais uma coisa: você irá ao mundo humano como shinigami.

Meu sorriso alargou-se. Como um deus da morte, teria poder ilimitado para matar e livraria o mundo daqueles que não merecem viver. Vingaria-me de todos aqueles que contribuíram para minha queda. Pensando bem, desse ponto de vista minha morte não era exatamente uma queda, e sim apenas um passo a mais para seguir com minha inevitável vitória. Magnífico.

“E no fim, eu venci”, pensei. Quase desejei que L estivesse aqui para presenciar meu triunfo.

Foi então que Ozaru desfez parte de meu plano original:

– Não fique tão animado. Como sua essência ainda é humana, sua alma conseguirá apenas suportar parte da transformação. Você se tornará... digamos assim... um shinigami inferior.

Franzi o cenho.

– Shinigami inferior? O que quer dizer exatamente...?

Lentamente, Ozaru caminhou até mim, e me concentrei em não recuar. Não podia deixá-lo saber que sua proximidade me dava calafrios.

Ele me olhou e disse:

– O que quero dizer é que, tecnicamente, você não poderá matar. Quem fará isso será a pessoa a quem o caderno for destinado.

Assenti. Não gostava muito de várias partes do acordo, mas era melhor que nada. Pelo menos sairia daqui.

– Agora me diz, Ozaru… – questionei novamente – …o que você ganha com isso?

O shinigami gargalhou, desdenhoso:

– Almas, Light Yagami. Muitas almas. Ah, mais uma coisa: quanto mais vítimas conseguir para mim, mais chances terá de se tornar um verdadeiro shinigami. E então, aceita minha proposta?

Ele estendeu suas garras para mim e eu avancei obediente.

“E eu tenho outra escolha?”, pensei.


Não importava. Dessa vez, ninguém conseguiria me impedir.

2 comentários:

  1. USHSUHSUH Light tá ferrado de qualquer forma, o louco. "Shinigami inferior" - Isso deve ter cortado o coração dele, nossa KKK, que dó!
    Só quero ver ele de shinigami tendo que confiar em outra pessoa para matar gente! Sinto que vai rolar altas tretas KKKK.

    Esperando pelo próximo capítulo *-*
    Até mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! O Raito é ambicioso... ele vai superar isso se puder ter mais depois. Que bom que está gostando. Minha amiga e uma das autoras da fanfic, fica muito feliz. Bye!

      Excluir

Obrigada por ler!

Seja educado
Deixe seu link para que eu possa visitá-lo
Sinta-se livre para compartilhar as postagens, mas dê os devidos créditos

Até a próxima!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 renata massa